domingo, 23 de maio de 2010

Laranja - mais do que fruta, uma profissão.

Se você pensa que laranja é só uma fruta, está totalmente enganado. Trata-se de uma profissão antiga, mas que em Foz do Iguaçu tem nome de fruta. Chama-se de laranja aquele que traz mercadorias do Paraguai para o Brasil. É quase uma profissão, muito conhecida aqui na cidade. Estima-se que uma grande quantidade de famílias sobreviva em função do contrabando na fronteira. O laranja na verdade, é o menor elo dentro desta cadeia da informalidade. É aquele que é responsável por passar pequenas quantidades de mercadoria, para que o contrabandista encaminhe ao destino final.

Quando a fiscalização se intensifica na cidade, a economia sofre na mesma proporção. Infelizmente, devido às possibilidades de se obter ganho fácil, apenas passando pequenas quantidades de mercadorias, muitas pessoas deixam de buscar qualificaçào profissional para se dedicar exclusivamente a este tipo de trabalho. Há na cidade um desemprego estrutural causado em grande parte justamente pela falta de qualificação.

A estúpida estrutura tributária do país, favorece o contrabando, gerando mais pobreza, porque ao invés do estado recolher o muito que ambiciona, acaba por não recolher nada, restando apenas o ônus da falta de produtividade, causado pela sua própria estrutura arcaica.

Recentemente, o governo Lula sancionou o que ficou conhecido por "Lei dos Sacoleiros", visando oferecer condições mínimas de formalização. Assim, o estado sacia seu apetite voraz de arrecadação e os "laranjas"podem ambicionar ser empresários legalizados. Esta iniciativa ainda depende de alguns detalhes de regulamentação, mas se funcionar, será um grande passo para a melhoria das condições de vida na cidade.

Foz do Iguaçu é terra da laranja também!






Nenhum comentário: