segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Playstation 3 no Paraguai


Depois de muitos anos desde o lançamento, finalmente resolvi comprar um Playstation 3 da Sony. Obviamente, aqui na fronteira, o melhor local para isso é o Paraguai.

Trata-se de um equipamento extremamente moderno, desenvolvido para ser um centro de entretenimento para a família. Além de ser um vídeo game, é também uma ferramenta para acessar a internet (banda larga, com cabo RJ45 ou Wi-Fi), visualizador de imagens e vídeos e também um Blu-Ray Player. Conta com joystick sem fio (bluetooth) e várias opções de discos rígidos (120, 160, 250, 320 GB), que são usados para armazenar jogos, vídeos e imagens. Possui conexão AV e HDMI (saída Full HD), o que garante imagens impressionantes.

Apesar de ter sido lançado já há alguns anos, a Sony ainda domina o mercado de games com este equipamento. Para se manter atualizado, foram lançados recentemente novos controles sem fio, semelhantes ao do Wii, que possibilitam ainda mais realismo para alguns games esportivos. Já está disponível no Paraguai o kit básico, composto por um sensor, um joystick e um jogo, por 120 dólares.

O preço do Playstation 3 Slim no Paraguai é de cerca de 320 dólares, variando em função dos acessórios e principalmente da capacidade do HD. Logicamente, a Sony apenas fornece um controle junto com o console. Também não acompanha nenhum jogo. O joystick adicional custa 42 dólares e os jogos originais custam a partir de 40 dólares.

A dica é pesquisar bastante, porque os preços podem variar de loja para loja (muitas vezes, depende da sua cara). Evite comprar no Shopping Del Este, onde os preços costumam ser mais altos.

domingo, 15 de agosto de 2010

Vida na Fronteira: como achar preços mais baixos do que o Paraguai


A resposta é bem simples: vá a alguma instituição (ONG), que recebe doações de mercadorias apreendidas pela Receita Federal. No dia 7 de Agosto, fui pessoalmente comprovar se os preços valiam a pena, no bazar da ACDD. A resposta é: sim!. Porém, a quantidade é limitada e é preciso chegar cedo.

No meu caso, cheguei por volta das 8:30 e consegui a senha 155. Fui para casa, retornando por volta das 11:30, conseguindo entrar quase ao meio dia. Infelizmente, as melhores oportunidades já tinham esgotado. De qualquer forma, segue a lista das melhores oportunidades do bazar:

- XBox 360 por R$ 300,00
- Playstation 3 por R$ 450,00
- Playstation 2 por R$ 150,00
- Toca CD com MP3, USB, marca Pioneer por R$ 150,00
- Calculadora HP 12C por R$ 30,00

Sorte de quem conseguiu aproveitar as promoções.




domingo, 8 de agosto de 2010

Vida na Fronteira: São Paulo x Foz do Iguaçu

Estive de volta a São Paulo (capital), depois de algum tempo longe, me senti como um visitante na cidade onde nasci e vivi por décadas. Novas estacões de metrô, novas lojas, ruas revitalizadas, mudanças nos itinerários de ônibus, mais gente (ainda) nas ruas. Até o edifício Martinelli reabriu as visitações ao seu famoso terraço.

Inevitável comparar Foz do Iguaçu com São Paulo. São cidades totalmente diferentes, principalmente no tamanho, cada uma com seus problemas. Enquanto estava andando espremido no metrô, senti falta de poder utilizar o carro em Foz do Iguaçu, sem passar pelos enormes congestionamentos de São Paulo. Ao mesmo tempo, ao andar pela avenida Paulista, percebi como faltam opções de lazer em Foz do Iguaçu.

Rua 25 de Março x Paraguai
50 Shoppings x 1 Shopping
Esquina da Ipiranga com a Avenida São João x Esquina da Avenida Brasil com a República Argentina
Amor aos Pedaços x Confeitaria Jauense
Parque Ibirapuera x Gramadão

Resultado: 0 x 0











domingo, 18 de julho de 2010

Vida na Fronteira: Está com frio? Tome uma sopa


Com o frio que anda fazendo nos últimos dias, nada melhor do que uma boa sopa para aquecer. Uma boa sugestão é o bufê de sopas que a Oficina do Sorvete está servindo todos os dias, a partir das 19:00 (R$ 14,90 por pessoa).

Se você está pensando por que uma sorveteria está servindo sopas, basta pensar que ninguém vai tomar sorvete com um frio desses. Neste caso, só resta servir sopas mesmo.

Trata-se de um bufê de sopas bastante elaborado, com direito a croissants, canapés e diversos tipos de pães. A surpresa ficou mesmo com a sobremesa, com direito a um mini-fondue de choclate com frutas.

As sopas são variadas e bem quentinhas. O único problema é que ficamos sem saber o que fazer com as tampas das panelas.

Uma boa sugestão para as noites frias de Foz do Iguaçu.





sexta-feira, 9 de julho de 2010

Vida na Fronteira: Vila Portes - guia para iniciantes

A Vila Portes pode ser considerada um Mini-Paraguai, ou até mesmo o equivalente à região da rua 25 de Março em São Paulo. De atmosfera caótica, em um ambiente desorganizado, esta região da cidade é marcada sobretudo pelo comércio.


A principal rua desta área comercial é a Fagundes Varela (na placa está com duas letras "L", mas o nome oficial da rua tem apenas um "L"), onde podemos encontrar desde lojas de artigos populares até lojas de artesanato.



Ao fundo, já podemos ver o Paraguai.

Por estar muito próximo ao nosso ilustre país vizinho, o Paraguai, esta região em um passado não muito distante era dedicada também ao mercado de exportação de produtos brasileiros para o Paraguai. Isso, mesmo, aqui na fronteira também se vende para o Paraguai. Hoje em dia, bem menos, mas ainda assim podemos ver o trânsito incessante de veículos paraguaios, atrás de produtos alimentícios especialmente.





Circulando por este bairro, podemos encontrar:


Loja de Tintas



Loja de Artesanato


Loja de Utilidades Domésticas e Artigos para Restaurantes


Loja de Artigos Plásticos e Utilidades Domésticas



Loja de 1,99 (aqui custa 1,49)


Loja de Embalagens


Loja de Materiais Diversos (artesanato, cordas, panos de limpeza, lonas)


Os preços são bem convidativos. Neste bairro encontra-se de tudo. O ambiente é similar ao do Paraguai, mas muito mais agradável. Se você procura coisas para casa, cozinha e embalagens, a Vila Portes é o lugar mais apropriado.

domingo, 4 de julho de 2010

Outra Vez no Pacova: caras e ralas batatas fritas

Sábado à noite, de volta ao Pacova. Decidimos ir novamente, para ver se havia mudado alguma coisa. Pedimos porção de batatas fritas (R$ 10,00). A surpresa não foi o preço, mas sim a quantidade. Uma porção minúscula, ocupando apenas a metade de um prato igualmente pequeno.

O atendimento foi como na última vez. O primeiro pedido, apesar de demorado foi bem realizado. Quando tentamos pedir mais alguma coisa, desistimos. Os garçons se atrapalharam novamente e decidimos ir à Cachaçaria, com atendimento melhor, preços menores e porções mais generosas.

A porção de batatas fritas do Pacova é totalmente recomendada para quem está de dieta.

sexta-feira, 2 de julho de 2010

Brasil 1 x Holanda 2


Brasil fora da Copa. Alguns poderiam dizer que é a crônica de uma morte anunciada. Porém, mesmo os mais pessimistas tinham esperança de ver o Brasil na final. O silêncio da derrota nos faz pensar: onde falhamos afinal? Nós brasileiros, mais de 200 milhões de técnicos de futebol, jamais imaginaríamos um segundo tempo tão cruelmente apático e desencontrado.


E assim foi mais uma Copa. Talvez muitos destes jogadores jamais saiba o significado do termo "Pátria de Chuteiras". Talvez não saibam quanta tristeza deixaram no coração dos torcedores brasileiros. Voltam para casa, que para a maioria deles já não é o Brasil, para suas vidas luxuosas e confortáveis, deixando para trás a nítida impressão de que poderiam ter jogado melhor.


Senhor técnico, por que não substituir antes? Por que não prever que F. M. iria perder a cabeça bem na hora errada (ora, não é justamente na hora errada que perdemos a cabeça?). Por que insistir em escalar jogadores com visíveis problemas físicos e que agora dizem que não jogaram bem por conta destes problemas?


Novamente, após esta dura derrota, temos algo em que pensar. Talvez na próxima... O brasileiro nunca perde a esperança. Mas hoje, Brasil 1, Holanda 2. Que nossos filhos e netos, ao relembrarem este trágico ano de 2010, lembrem de um tempo que ficou para trás. Um tempo em que havia muito amor ao dinheiro e pouco amor à camisa.






segunda-feira, 28 de junho de 2010

Vida na Fronteira - Dicas de Compras: Shopping Del Este

Sem dúvida, o Paraguai oferece os melhores preços em eletroeletrônicos. Mas mesmo assim, muita gente evita ir ao querido país vizinho paraíso das compras, para fugir do empurra-empurra, da superlotação e péssimo atendimento oferecido pelas lojas.

Se você se inclui na categoria das pessoas que querem fazer compras, mas tremem só de pensar em passar sufoco com a multidão, os carros e motos para todos os lados, o Shopping Del Este pode ser uma boa opção.

Situado ao lado esquerdo de quem está indo ao Paraguai, fica um pouco antes da entrada de Ciudad Del Este. Longe da confusão, oferece estacionamento, restaurantes e ambiente agradável.

Essa comodidade evidentemente tem um preço. E é justamente no quesito preço que este Shopping perde das demais lojas do Paraguai. Por isso não espere encontrar os melhores preços. Talvez não sejam os mais caros, mas com certeza não serão os mais baratos.

Lá estão disponíveis lojas de decoração, cosméticos e perfumaria, artigos esportivos e é claro, eletrônicos. Tem tambem cassino e praça de alimentação.

Boa dica para quem não quer perder muito tempo com as compras e não se importa de pagar um pouco a mais.


quarta-feira, 23 de junho de 2010

Quinta-Feira, 24 de Junho de 2010 - Feriado em Foz do Iguaçu (de novo?)

Além de dia de São João, o dia 24 de Junho também representa o dia do padroeiro da cidade e traz mais um feriado municipal.

Teremos 3 feriados no total: dia 3 (Corpus Christi), dia 10 (aniversário da cidade) e dia 24 (padroeiro da cidade). Acrescentando os dias de jogos do Brasil, chegamos à conclusão de que quase não se trabalhará neste mês em Foz do Iguaçu.

Assim, para vocês que são da cidade, bom descanso. E para vocês que não são, bom trabalho!


segunda-feira, 21 de junho de 2010

Turismo na Fronteira: Itaipu

Monumento símbolo da engenharia moderna, a usina Hidrelétrica de Itaipu é um exemplo da grandiosidade ambicionada pelo governo durante a ditadura militar. Sua construção teve início em 1973, sendo concluída totalmente apenas em 2007, mais de 30 anos depois. Eleito como uma das 7 maravilhas do mundo contemporâneo pelo Instituto Americano de Engenharia, seu projeto impressiona principalmente pelo exemplo de superação do homem, direcionando recursos naturais para exploração de energia.

Maior usina hidrelétrica do mundo, Itaipu responde por cerca de 20% de toda a energia consumida no Brasil. A sua construção provocou a realocação de cerca de 40 mil pessoas e o fim das famosas 7 quedas.

Uma curiosidade interessante, é que Itaipu é binacional, ou seja, pertence a duas nações, no caso Brasil e Paraguai, que detém 50% cada um dos direitos e obrigações. Como o governo paraguaio na época da construção não tinha dinheiro disponível para uma obra deste porte, ficou estabelecido que o governo brasileiro bancaria a construção e o Paraguai iria pagar a sua parte com a energia gerada.

Uma das mais fantásticas visões é o vertedouro, local por onde é escoada a água que não é aproveitada para geração de energia elétrica. Costuma ficar aberto durante o período do verão, quando as chuvas são mais frequentes. Atualmente, por estarmos próximos do inverno, se encontra fechado. Mesmo sem este atrativo, a vista ainda é impressionante.

Existem 3 tipos de visitas: visita panorâmica, circuito especial e por fim a técnico-científica. A mais comum é a visita panorâmica, que oferece um excelente passeio pelo entorno da represa, chegando bem perto da área construída, passando depois pelo topo, onde se pode ver de um lado o lago e de outro o vertedouro.

O preço da visita externa é de R$ 20,00 por pessoa. Moradores de Foz do Iguaçu pagam R$ 10,00. O estacionamento custa R$ 8,00 e R$ 4,00 para moradores. Fica aberto de domingo a domingo. Consulte os horários antes de ir.

Entrada

Vertedouro


Bem próximo à represa


Uma boa visão da represa


Tabela de preços


sábado, 19 de junho de 2010

Onde Comer em Foz do Iguaçu: Restaurante Bello Piatto



Sábado à noite e você ainda não sabe onde ir? Se a sua vontade é comer bastante, sem restrições, uma boa pedida é o rodízio do restaurante Bello Piatto. Típica cantina italiana, oferece rodízio de massas, com frango, picanha e maionese, numa fartura impressionante. Garçons bem atenciosos, nunca deixam sua mesa vazia.

Os preços também são convidativos, R$ 24,00 por pessoa. Consulte-os sobre a promoção de R$19,90 válida por tempo limitado, em alguns dias.

Abre todos os dias, no almoço e no jantar. Local de fácil localização, no Centro (Rua Mal. Deodoro).


Em tempo: infelizmente, o restaurante fechou no primeiro semestre de 2011, dando lugar ao restaurante Beduínos. Confira o post do Beduínos.

terça-feira, 15 de junho de 2010

Copa do Mundo Na Fronteira: O futebol em Foz do Iguaçu


Placar da Copa na Tríplice Fronteira:

Paraguai 1 x 1 Itália
Argentina 1 x 0 Nigéria
Brasil 2 x 1 Coréia do Norte

Uma das coisas mais interessantes aqui na fronteira ocorre na Copa do Mundo de Futebol. Tão próximos que estamos de nossos ilustres vizinhos, acabamos por ver de perto a torcida daqueles países também. Então ocorre um fenômeno complexo: quando há jogos da copa com qualquer um dos três países (Argentina, Paraguai e Brasil), o comércio e a rotina se modificam na região de fronteira. Por exemplo, no Paraguai o volume de vendas do comércio cai drasticamente nos dias de jogos do Brasil. Já o turista argentino deixa de vir passear no Brasil e vice-versa.

Nós brasileiros, não devemos ir à Argentina comemorar as vitórias brasileiras. Certamente não fará bem à saúde.

Aqui em Foz do Iguaçu, o clima da Copa está no ar. A rotina mudou, lojas fecharam, bancos fecharam. Até a loja da Oi (operadora de telefonia) fechou. Hoje todos foram para casa ou para algum bar ou restaurante ver a estréia do Brasil. Críticas à parte, o importante é que a seleção venceu.

Uma boa opção para o domingo será ver o jogo do Brasil fora de casa. Caro leitor, aguarde as próximas postagens com as opções de bons locais para acompanhar os jogos.


Algumas pessoas colocaram bandeiras nas janelas


O comércio também colocou uma decoração especial


Até um carro paraguaio estava com uma bandeira do Brasil


Até a loja da Oi estava fechada antes do jogo começar
(onde poderíamos reclamar sobre os defeitos então?)



domingo, 13 de junho de 2010

O que Fazer à Noite em Foz do Iguaçu: Zeppelin Old Bar


Para aqueles que gostam de sair à noite, aqui vai uma opcão: Zeppelin Old Bar. Próximo à Avenida das Cataratas, na Rua Major Raul de Mattos, este bar em estilo retrô apresenta música ao vivo em ambiente aconchegante. Com couvert artístico a partir de R$ 6,00 (mulheres), pode-se curtir o ambiente com decoração estilo anos 50 e 60 e provar as porções e as bebidas que são servidas em doses generosas. Os garçons são atenciosos e o pedido chega rápido. Os preços são razoáveis, mas o local é disputado. Se quiser garantir uma mesa, chegue cedo (antes das 23:00).

Consulte sempre quem (e qual gênero de música) irá tocar no dia escolhido, para evitar surpresas desagradáveis.




quinta-feira, 10 de junho de 2010

Nova Opção em Foz do Iguaçu: Pacova Café Bar


Recém inaugurado em Foz do Iguaçu, O Pacova Cafe Bar é outra opção de divertimento na cidade. Ambiente moderno e agradável, com música ao vivo (voz e violão) em alguns dias, tem como característica principal a estrutura típica de barzinho e comida de "boteco".

Quando fica mais cheio, os garçons complicam um pouco o atendimento, atrasando bastante os pedidos. Tem boas opções de bebidas e algumas opções de comidas com porções pouco generosas. Cuidado com a picanha e o frango à passarinho (anêmico).

Os preços variam de médio para caro. Possui estacionamento e fica em local de fácil acesso (rua Belarmino de Mendonça).

quarta-feira, 9 de junho de 2010

Feriado na Fronteira: Aniversário de Foz do Iguaçu


Dia 10 de Junho é feriado municipal em Foz do Iguaçu. A cidade, criada em 1914, fará 96 anos. Ao contrário do resto do país, que trabalhará, aqui nós descansaremos.
Há pouco o que comemorar e muitos problemas a resolver na cidade. Criminalidade e desemprego são os grandes problemas. Infelizmente, para resolver o problema da falta de emprego, a prefeitura prefere apoiar catadores de lixo, que utilizam cavalos em pleno centro da cidade, do que investir em educação e desenvolvimento profissional.
Claro, há coisas boas também. Estamos na fronteira de 2 países, temos acesso a produtos baratos nos países vizinhos. Até gasolina compramos na Argentina. No Paraguai, nem se fala. Temos também belezas naturais incomparáveis. Num instante, podemos estar no Paraguai ou na Argentina, jogar nos cassinos, aproveitar os passeios. Tudo isso é um grande privilégio.
E tem mais ainda: quer um divertimento maior do que caçoar dos argentinos aqui ao lado, caso eles percam a copa do mundo? Não tem preço.


terça-feira, 8 de junho de 2010

Vida Na Fronteira: Dia dos Namorados em Foz do Iguaçu

Caso você esteja pensando em qual é a melhor opção para comemorar o Dia dos Namorados com a pessoa amada, aqui vão algumas dicas com opções de jantares para todos os bolsos:

O Hotel Golden Trip (Hotel Internacional) fica na Avenida Almirante Barroso e tem o excelente restaurante "Cuisine Du Ciel", que nesta data oferecerá um jantar especial, para os pombinhos mais apaixonados e dispostos a investir R$ 125,00 por pessoa. É realmente indicado se você quer fazer uma média para impressionar. Vá impecavelmente vestido e é claro, pague também para sua acompanhante (quebre o cofre porquinho se necessário).



O Hotel Bella Italia (Avenida Republica Argentina), tem um bom restaurante e oferece nesta ocasião especial o Jantar Romântico ao preço de R$ 130,00 por casal. É uma boa opção para aqueles que acharam a opção anterior cara, mas não abrem mão de boa qualidade.


A Cantina 4 Sorelle (Rua Almirante Barroso) está oferecendo o Rodízio Italiano Especial, com preço de R$ 45,00 por pessoa. Boa opção para quem está com pouca grana, mas mesmo assim quer fazer um agrado.


Se a grana está curta mesmo, tente o Rafain Chopp (Rua Jorge Schimelpfeng), que cobrará R$ 49,00 por casal, com direito a um prato "a la carte". Fica em local de fácil acesso e você poderá oferecer esta agradável surpresa para seu par.


Agora, se você acha que para o seu bolso não está fácil, vá ao Mc Donalds (cada um paga o seu). Pelo menos vai valer a tentativa, não deixe esta data passar em branco.

domingo, 6 de junho de 2010

Onde Comer em Foz do Iguaçu: Pizza Pop Star


Um bom programa para o final de semana é a tradicional pizza, para fugir da rotina diária de comer sempre em casa. Um local interessante para satisfazer a gula sem gastar muito dinheiro é a Pizza Pop Star. A loja do centro fica na rua Rui Barbosa, em local de fácil acesso, porém difícil de estacionar. Melhor é estacionar nas ruas próximas. Atendem também para viagem. O local é pequeno, por isso pode não ser fácil achar uma mesa livre.

O preço da pizza grande é R$ 21,00 e vale tanto para comer no local ou para viagem. Uma pizza grande é suficiente para 3 pessoas com folga (a não ser que você seja comilão). Vá para o Pop sem pressa, porque você vai esperar pelo menos 30 minutos pelo seu pedido. Em alguns casos, esse tempo é suficiente para cair duro de fome. De qualquer forma, a pizza tem boa qualidade.

Se você quer gastar pouco e tiver paciência de esperar, o Pop é uma boa dica.

sexta-feira, 4 de junho de 2010

Vida Na Fronteira: Dicas para os Viajantes Compristas - Aduana Brasileira


Uma cena muito comum aqui na fronteira é o turista (ou melhor comprista) exagerar nas compras e depois passar por surpresas desagradáveis no retorno. Se você é um muambeiro nato, não precisará das minhas dicas, que são destinadas apenas aos visitantes esporádicos.

Em primeiro lugar, é preciso compreender que toda viagem internacional traz algumas obrigações na volta. A principal delas é o preenchimento da Declaraçào de Bagagem Acompanhada (DBA), que é obrigatória se você tiver adquirido bens no exterior.

A tributação incidente segue uma regra simples:
50% de impostos para compras que excederem 300 dólares, válido para quem chega por via terrestre ou fluvial.
50% de impostos para compras que excederem 500 dólares, válido para quem chega por via marítima ou aérea.
O imposto incide somente sobre o valor que ultrapassar a cota. Por exemplo, se você comprou um bem de 500 dólares e retornará de ônibus até a fronteira, o imposto incidente será de 100 dólares.

Para pagar o imposto, há uma agência do Banco do Brasil dentro da Aduana brasileira. Se você passar pela fronteira fora do horário de atendimento, a mercadoria ficará retida até que você pague o imposto correspondente.

Para fins de comprovação de valor, vale o que está na nota fiscal de compra. Caso não haja nota fiscal, o valor do bem será arbitrado pelo fiscal da Receita Federal, seguindo uma tabela própria.

Há também limitações de quantidades, como bebidas por exemplo. Caso deseje trazer bebidas, informe-se sobre a quantidade máxima permitida por pessoa. Há também itens proibidos, como por exemplo armas de fogo. Pneus também são proibidos (não me pergunte o motivo, deve ser pela pressão da indústria nacional).

Outra coisa importante: se você comprou um computador de 600 dólares e o seu amigo não comprou nada, não adianta somar as cotas e dizer ao fiscal que vocês estão comprando juntos. A cota é individual.

Se você estiver atravessando a fronteira com 2 pendrives no bolso, 1 Ipod na meia, um relógio em cada pulso e mais 2 notebooks na mochila, saiba que mesmo que você passe sem problemas em Foz do Iguaçu, há diversos pontos de controle nas estradas e que pode ser necessário apresentar ao Fiscal da Receita uma DBA válida, do contrário, perde-se a mercadoria.

Aproveite as dicas e boas compras!




quinta-feira, 3 de junho de 2010

Feriado: Dia de Compras no Paraguai

Feriado na fronteira. Mais uma oportunidade de andar pelo Paraguai em busca de novidades, preços baixos, eletrônicos e é claro, muito sofrimento com o empurra-empurra. Hoje, não foi diferente. Uma multidão estava lá, todos com o mesmo objetivo: comprar alguma coisa.

Lá estava eu, empurrando alguém também, em busca de alguma tranqueira nova, desnecessária, mas mesmo assim, com vontade de comprar. As mulheres buscam as maquiagens, perfumes, roupas. Confesso que o meu interesse está quase exclusivamente nos eletrônicos.

Felizmente, o dia estava com temperatura agradável, sem chuva. Isso facilitou bastante a visitação das lojas. De resto, a coisa de sempre. Pesquisa daqui e dali, entra e sai das lojas, o mesmo produto com preços bastante diferentes (pesquise bastante!).


A muvuca


Lá estava o tradicional táxi paraguaio

Aqui vai uma dica que pode valer a pena: dentro do Shopping Barcelona, existe um restaurante com bom visual, pode valer a pena. Não experimentei, mas parecia razoável.


Resolvi finalmente aderir à onda do Blu-ray e comprei meu player na loja da Panasonic do Shopping Americana. O preço foi bom, mas o modelo é básico, (BD45) sem grandes acessórios incorporados, a não ser leitor de cartões SD. Mas para o fim a que se destina, funciona perfeitamente. Excelente imagem e para quem tem TV da marca Panasonic, é totalmente compatível, compartilhando o controle remoto. Não vem com cabo HDMI, por isso é preciso comprar à parte (cerca de 8 dólares).


Blu-ray player BD45 (155 dólares)

Se você quer um modelo mais completo, com Wi-Fi, USB, Progressive Scan, Picture in Picture, cabo HDMI incluso, prefira o modelo BD655 (em torno de 260 dólares), mas eu particularmente acho que o preço não compensa.

Na volta, aproveitei para registrar decorações inusitadas de Ciudad del Este:

Conjunto impressionante de ar-condicionados. Ali não se passa calor


Haja fio!

Por fim, a longa jornada de passar a fronteira. Até a próxima!